O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Buscas por passageiros sumidos após naufrágio em Sento Sé (BA) devem ser retomadas nesta quinta-feira com ajuda da Capitania dos Portos

Postado em 30/04/2014 às 17h42
por José de Oliveira, da Revista do Vale

Buscas serão retomadas nesta quinta-feira (1º). (Foto: Reprodução / TV São Francisco)
As buscas pelas vítimas do naufrágio em Sento Sé (BA) estão sendo encerradas nesta quarta-feira (30) sem surtir efeito positivo. Desde as primeiras horas da manhã desta quarta, o Corpo de Bombeiros, Marinha e moradores da cidade, estão realizando buscas, mas até às 17h de hoje, ninguém foi encontrado. Segundo informações, nem a embarcação naufragada foi localizada.

Familiares das vítimas estão angustiados, pois não sabem se os desaparecidos estão vivos ou mortos. As buscas serão retomadas na manhã desta quinta-feira (1º) e deve contar com a ajuda de uma embarcação de grande porte, mergulhadores da Capitania dos Portos da Bahia que está vindo de Salvador.

Em nota, a Marinha informou que a embarcação estava com 40 pessoas na hora do naufrágio, ocorrido na noite de terça-feira (29), e que 34 pessoas com vida e o corpo de um dos passageiros (um garoto de quatro anos) foram resgatadas por embarcações que estavam próximas ao local do acidente. Todos foram encaminhados ao Hospital Municipal, mas já foram liberados.

A embarcação "Travessia do Mar Vermelho" era inscrita na Agência Fluvial de Juazeiro e tinha capacidade para transportar 54 passageiros e três tripulantes. Um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), cujo prazo de conclusão é de noventa dias, foi instaurado para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido.


Objetos das vítimas, como sandálias e sapatos, foram trazidos pelas águas até às margens do lago
(Foto: Gabriel Filliph / Sento Sé Notícias)

Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário